Medicina do Conhecimento

Medicina do Conhecimento

Ciência e informação a qualquer momento, em todo lugar! read less
健康・フィットネス健康・フィットネス

エピソード

#157 Humanização e tecnologia na dor crônica
23-02-2024
#157 Humanização e tecnologia na dor crônica
Medicina do Conhecimento é ciência e informação a qualquer momento, em todo lugar. Eu sou Pablo Gusman, o anestesiador. Hoje falamos sobre unir tecnologia e acolhimento, ciência e carinho. Afinal, quem cuida de dor, cuida de gente. Grande prazer em conversar com Dra Elaine Gomes Martins, médica anestesiologista com sólida formação em dor e bloqueios regionais, trabalha focada no tratamento da dor aguda e crônica e com grande presença nas redes sociais e na formação dos colegas médicos. Se você gostou ou se ainda tem perguntas, não deixe de nos seguir. Deixo no descritivo deste podcast o instagram da Dra Elaine Gomes Martins. @elaine_gomes_martins Escute nossa Rádio web Medicina do Conhecimento nos seus momentos de esporte, lazer e no deslocamento para seu trebalho pelo www.medicinadoconhecimento.com.br Faça parte de nossa Comunidade Digital Medicina do Conhecimento no Ecossistema SD Conecta! Lá discutimos assuntos relevantes juntos com grandes especialistas em Medicina Perioperatória. Escolha sua plataforma agregadora de podcasts e ouça mais pelo Spotify, Deezer, Apple Podcast, Soundcloud e Youtube. Você pode pedir à sua Alexa! Basta dizer: Alexa, toque Medicina do Conhecimento! Na medicina do conhecimento, você escolhe o player da sua preferência. É muito importante seu feedback. Mande sua pergunta e seu comentário para participar do próximo Tema. Compartilhe nas suas redes e deixe seu like. Isso aumenta a divulgação do projeto. Fique ligado nas redes sociais Twitter, Facebook e Instagram Medicina do Conhecimento, afinal compartilhar é multiplicar! Sapajou - The Way To You
#156 Segurança de dados na saúde
23-02-2024
#156 Segurança de dados na saúde
Bom dia, Boa tarde, Boa noite no Mundo do Conhecimento! Bem vindo à nossa temporada 2024! Juntos com você falamos sobre inovação, tendências, dicas e a prática da medicina, além de assuntos sobre qualidade de vida! Por aqui, compartilhar conhecimento não é dividir, mas multiplicar! Que tal falarmos sobre mais um assunto sem fronteiras no mundo do conhecimento. Esse é episódio bem especial do podcast do Medicina do Conhecimento. Ciência e informação a qualquer momento, em todo lugar. Eu sou Pablo Gusman, o anestesiador. O assunto que trazemos diz respeito à Segurança de dados da Internet e principalmente na nossa prática médica. Você se preocupa com isso? Em um mundo digital, nossos dados e de nossos pacientes são nossos maiores bens. Nossa convidada é Dra Andrea Willemin, Diretora de Desenvolvimento Tecnológico, Cibersegurança e Proteção de Dados do Centro de Estudos de Segurança da Universidad de Santiago de Compostela, Centro Superior de Estudos da Defensa Nacional, Data Protection Officer Global no Grupo Portobello, Consultora Internacional em Privacidade e Proteção de Dados. Um grande honra tê-la conosco. Se você gostou ou se ainda tem perguntas, não deixe de nos seguir. Deixo no descritivo deste podcast o linkedin da Dra Andrea Willemin. Fique ligado nas novidades e dicas sobre o assunto. https://www.linkedin.com/in/andrea-willemin/ Escute nossa Rádio web Medicina do Conhecimento nos seus momentos de esporte, lazer e no deslocamento para seu trabalho pelo www.medicinadoconhecimento.com.br Faça parte de nossa Comunidade Digital Medicina do Conhecimento no Ecossistema SD Conecta! Lá discutimos assuntos relevantes juntos com grandes especialistas em Medicina Perioperatória. Escolha sua plataforma agregadora de podcasts e ouça mais pelo Spotify, Deezer, Apple Podcast, Soundcloud e Youtube. Você pode pedir à sua Alexa! Basta dizer: Alexa, toque Medicina do Conhecimento! Na medicina do conhecimento, você escolhe o player da sua preferência. É muito importante seu feedback. Mande sua pergunta e seu comentário para participar do próximo Tema. Compartilhe nas suas redes e deixe seu like. Isso aumenta a divulgação do projeto. Fique ligado nas redes sociais Twitter, Facebook e Instagram Medicina do Conhecimento, afinal compartilhar é multiplicar! Musica: Roa - Lights
#155 A arte da sedação consciente
14-12-2023
#155 A arte da sedação consciente
Bom dia, Boa tarde, Boa noite no Mundo do Conhecimento! Seja bem vindo caro ouvinte! Aqui falamos sobre inovação, tendências, dicas e a prática da medicina, além de assuntos sobre qualidade de vida! Por aqui, compartilhar conhecimento não é dividir, mas multiplicar! Vamos juntos conversar sobre mais um assunto sem fronteiras no mundo do conhecimento. A sedação consciente é uma técnica utilizada para relaxar e aliviar a ansiedade durante procedimentos cirúrgicos. Diferente da anestesia geral, em que o paciente fica completamente inconsciente, na sedação consciente o paciente fica em um estado de calma, podendo responder a comandos e respirar por conta própria. Mas como isso é possível? Parece um estado de mágica! Isso se dá graças à habilidade e ao conhecimento do médico anestesiologista. Este especialista é treinado para ajustar a medicação à sua necessidade específica, garantindo conforto e segurança durante todo o procedimento. Aqui entram as resoluções do Conselho Federal de Medicina, que são como um mapa para os médicos seguirem. Elas determinam tudo, desde a avaliação prévia do paciente até o monitoramento contínuo durante a sedação. E é exatamente esse rigor que faz a diferença. Por exemplo, antes de uma sedação, o anestesiologista avalia a saúde geral do paciente, o que inclui entender o histórico médico, doenças em tratamento, realiza exames físicos e, se necessário, pede exames complementares. Tudo isso para garantir que a sedação seja segura. Essa visão de medicina peri-operatória exige do profissional um conhecimento profundo das doenças associadas, o motivo da cirurgia, mudança no uso de medicamentos, prevenção e tratamento da dor e a profilaxia de infecções. Durante o procedimento, o anestesiologista monitora seus sinais vitais - como frequência cardíaca, pressão arterial e oxigenação do sangue - ajustando a medicação conforme necessário. Isso assegura que você esteja sempre no nível correto de sedação. Vamos fazer um raciocínio simples. Você será submetido a um procedimento cirúrgico ou diagnóstico por um médico ou outro profissional da área da saúde. Ele se concentrará na sua técnica operatória. Claro! É isso que você espera! Uma cirurgia ou exame com mínimo de sangramento, eficiente, com sucesso terapêutico. Seria muito difícil que esse mesmo profissional também se ocupasse de sua sonolência, administração de drogas inalatórias ou venosas, seus sinais vitais e o controle da dor. Por isso a necessidade de termos uma equipe que vise sua segurança e preze pela qualidade de seu atendimento. Por mais que todo esse processo esteja dentro das normativas das resoluções de nossos conselhos de especialidades, temos o risco de complicações. É nesse momento que vemos que um profissional experiente e competente fará a diferença. Eu digo para nossos pacientes que o anestesiologista é seu melhor seguro de vida! Quando você contrata um seguro, você não quer que ocorra um sinistro. Mas se o evento ocorrer, é um alívio ter algo que nos dê suporte e tranquilidade. A sedação consciente é uma verdadeira arte médica. E por trás dessa arte está a ciência e a dedicação do médico anestesiologista, que assegura que o procedimento seja não apenas confortável, mas extremamente seguro. Graças a essa especialidade e às resoluções que garantem a prática adequada, você pode relaxar sabendo que está em boas mãos. Escute nossa Rádio web Medicina do Conhecimento pelo www.medicinadoconhecimento.com.br Fique ligado nas redes sociais Twitter, Facebook e Instagram Medicina do Conhecimento, afinal compartilhar é multiplicar! Kat and Tanner - Twin Musicom
#154 Gestão da dor pós-operatória e inteligência artificial
13-11-2023
#154 Gestão da dor pós-operatória e inteligência artificial
Bom dia, Boa tarde, Boa noite no Mundo do Conhecimento! Seja bem vindo caro ouvinte! Juntos em mais um podcast do Medicina do Conhecimento. Ciência e informação a qualquer momento, em todo lugar. Eu sou Pablo Gusman, o anestesiador. E agora falamos sobre um tema recorrente na nossa prática, mas com uma nova visão! A Gestão da Dor Peri-operatória com Integração da Inteligência Artificial. A gestão da dor perioperatória representa um dos pilares mais críticos da anestesiologia moderna. Não apenas influencia diretamente a recuperação do paciente e a satisfação com o procedimento cirúrgico, mas também afeta o tempo de internação e a possibilidade de complicações pós-operatórias. A integração da inteligência artificial nesse contexto promete um salto qualitativo na personalização e eficácia dos cuidados ao paciente. Afinal, vivemos a época da experiência do paciente! A inteligência artificial já está sendo aplicada na avaliação de risco de dor pós-operatória, analisando grandes volumes de dados clínicos para identificar pacientes com maior risco de desenvolver dor crônica ou complicações relacionadas à dor. Algoritmos de aprendizado de máquina podem reconhecer padrões complexos em dados pré-operatórios, desde fatores demográficos até resultados de exames laboratoriais e histórico de uso de medicamentos. São muitas variáveis que podem passar desapercebidas na avaliação peri-operatória. Com o uso de modelos preditivos, a inteligência artificial também tem o potencial de antecipar episódios de dor intensa no pós-operatório e orientar a prescrição de analgésicos de forma mais eficaz e personalizada. Esta análise preditiva pode sugerir regimes de tratamento individualizados, otimizando a administração de opioides e minimizando seus efeitos colaterais. Isso aumentará a adesão do paciente e diminuirá o uso excessivo de opioides. Todo dia você escuta algo a respeito, não é mesmo? Precisamos otimizar o uso de opioides e evitar sua dependência. Apesar desses avanços importantes, a incorporação da inteligência artificial na anestesiologia traz desafios. Questões éticas relacionadas à privacidade dos dados dos pacientes e à tomada de decisão médica assistida por computador devem ser rigorosamente abordadas. Além disso, existe a necessidade de uma infraestrutura robusta e de profissionais capacitados para interpretar e agir sobre as informações fornecidas pela tecnologia. Mas você já deve estar pensando que o futuro da anestesiologia com a incorporação da inteligência artificial é promissor. Com a capacidade de fornecer cuidados personalizados e baseados em evidências, a inteligência artificial pode não apenas melhorar os resultados do tratamento da dor perioperatória, mas também desempenhar um papel crucial na educação continuada dos profissionais, na pesquisa clínica e na otimização dos recursos de saúde. Eu sempre falo isso no meu dia a dia: Usar bem para usar sempre! Eu te digo que a integração da inteligência artificial na gestão da dor peri-operatória é uma fronteira empolgante que promete revolucionar a anestesiologia. Ao aprimorar a precisão e a eficiência do manejo da dor, a inteligência artificial tem o potencial de transformar a experiência cirúrgica para pacientes e médicos, solidificando o seu valor como uma ferramenta indispensável na medicina moderna. E nesse mundo cada vez mais robotizado, teremos mais tempo para oferecermos humanização para nossos pacientes. Acesse a Comunidade Medicina do Conhecimento www.medicinaconhecimento.com.br e escute nossa Rádio web. Escolha sua plataforma agregadora de podcasts e ouça mais pelo Spotify, Deezer, Apple, Google Podcast, Soundcloud e Youtube. Você pode pedir à sua Alexa! Basta dizer: Alexa, toque Medicina do Conhecimento! Fique ligado nas redes sociais Twitter, Facebook e Instagram Medicina do Conhecimento, afinal Compartilhar é multiplicar! Música: One Cosmos | Royalty Free Sci-Fi Background Music
#153 A revolução da anestesia moderna
16-10-2023
#153 A revolução da anestesia moderna
Bom dia, Boa tarde, Boa noite e bem-vindos a mais um episódio do nosso podcast Medicina do Conhecimento. Ciência e informação a qualquer momento e em todo lugar. Eu sou Pablo Gusman, o anestesiador e hoje falamos de uma data especial. 16 de outubro! Embarcaremos em uma jornada através dos tempos para descobrir o incrível progresso que a anestesia trouxe à cirurgia moderna. Afinal, a habilidade de realizar cirurgias de forma segura e praticamente indolor é um marco histórico na medicina. Prepare-se para um resumo fascinante que nos levará aos primórdios da anestesia até os avanços tecnológicos que temos hoje. Em 16 de outubro de 1846, no Hospital Geral de Massachusetts, a humanidade testemunhou um momento histórico. Foi quando o éter foi usado pela primeira vez publicamente como anestésico, libertando os pacientes da agonia das cirurgias e da dor. Esse evento marcou o início de uma revolução silenciosa, transformando a cirurgia de um pesadelo assustador em um procedimento seguro e administrável. A capacidade de realizar cirurgias seguras não é apenas sobre adormecer um paciente; é uma ciência complexa e uma arte refinada. Hoje, os anestesiologistas desempenham um papel vital na equipe cirúrgica, garantindo que cada procedimento seja realizado com precisão e cuidado, minimizando ao máximo qualquer desconforto para o paciente. Desde os primeiros dias da anestesia, os médicos perceberam que a inalação de certas substâncias poderia induzir um estado de inconsciência temporária e aliviar a dor. O éter e a clorofórmio foram os pioneiros nesse campo, proporcionando aos pacientes um sono profundo e sem dor durante as cirurgias. No entanto, com o avanço da ciência, surgiram anestésicos inalatórios mais seguros e precisos. A principal importância dos anestésicos inalatórios reside na segurança que proporcionam aos pacientes. Ao contrário de métodos mais antigos, esses anestésicos são altamente controláveis e reversíveis, o que significa que os pacientes podem ser acordados facilmente após o procedimento. Isso reduz significativamente os riscos associados à anestesia e contribui para uma recuperação mais rápida e suave. Devemos honrar a dedicação incansável dos anestesiologistas modernos, cujo compromisso com a excelência moldou a prática atual da anestesia. Profissionais como Dr. Angela Enright, uma das principais defensoras da segurança do paciente em anestesia, têm trabalhado arduamente para estabelecer padrões mais elevados na profissão. Enquanto mergulhamos nos anais da anestesia moderna, lembramos não apenas das descobertas históricas, mas também das pessoas extraordinárias que fizeram isso acontecer. Esses visionários e inovadores continuam a inspirar a próxima geração de profissionais de saúde, garantindo que a anestesia segura seja uma realidade para todos os pacientes. À medida que olhamos para o futuro, é emocionante imaginar as possibilidades que estão além do horizonte. Com a pesquisa e o desenvolvimento contínuos, podemos esperar que a anestesia se torne ainda mais segura, mais eficaz e mais adaptada às necessidades individuais, garantindo que cada paciente receba o cuidado que merece. À medida que refletimos sobre essa incrível jornada, lembramos que a cirurgia segura e praticamente indolor é uma conquista notável da humanidade. Graças ao cuidado compassivo dos anestesiologistas e aos avanços tecnológicos, podemos enfrentar procedimentos cirúrgicos com confiança e esperança. Na próxima vez que você ou alguém que você conhece estiver prestes a passar por uma cirurgia, lembre-se da incrível jornada que tornou possível a cirurgia moderna. Vamos festejar juntos! Compartilhe esse conhecimento com e ajude-nos a espalhar a conscientização sobre a importância vital da anestesia na medicina moderna. Escute a Rádio web Medicina do Conhecimento no link www.medicinaconhecimento.com.br
#152 Novas Regras Publicidade Médica
15-09-2023
#152 Novas Regras Publicidade Médica
Bom dia, Boa tarde, Boa noite no Mundo do Conhecimento! Juntos em mais um podcast do Medicina do Conhecimento. Ciência e informação a qualquer momento, em todo lugar. Eu sou Pablo Gusman, o anestesiador. E como compartilhar é multiplicar hoje falamos sobre as mudanças na resolução sobre propaganda médica. Você vai encontrar o texto dessa resolução CFM nº 2.336/23 na íntegra por lá. Ela entrará em vigor em 180 dias após sua publicação, em 11 de março de 2024. Mas já devemos nos preparar para colocar em prática. Além de permitir ao médico mostrar o seu trabalho, a nova resolução também autoriza a divulgação dos preços das consultas, a realização de campanhas promocionais, o uso das imagens dos pacientes, investimentos em negócios não relacionados à área de prescrição do médico, além de outras permissões. Se o regramento anterior proibia expressamente o uso de imagens do paciente, o novo texto esclarece como essas imagens podem ser usadas. Pela Resolução CFM nº 2.336/23, a imagem deve ter caráter educativo e obedecer os seguintes critérios: o material deve estar relacionado à especialidade registrada do médico e a foto deve vir acompanhada de texto educativo, contendo as indicações terapêuticas e fatores que possam influenciar negativamente o resultado. É comum que o paciente publique em suas redes sociais agradecimento ao profissional que o atendeu, mesmo sem o conhecimento do médico. Agora, o médico poderá repostar, em suas redes, esses elogios e depoimentos. “A única observação é a de que o depoimento seja sóbrio, sem adjetivos que denotem superioridade ou induzam a promessa de resultados”. A nova resolução permite a publicação de autorretratos (selfies), imagens e/ou áudios, desde que não tenham características de sensacionalismo ou concorrência desleal. Fica permitido ao médico mostrar seu ambiente de trabalho, em foto ou vídeo, apresentando os equipamentos que possui e a equipe. Também pode anunciar os aparelhos ou recursos tecnológicos usando o portfólio aprovado pela Anvisa e autorizados pelo CFM, desde que não atribua capacidade privilegiada à aparelhagem. Algumas informações se fazem necessárias. As propagandas devem conter obrigatoriamente nas peças o Nome, Número de inscrição no CRM onde exerça a medicina, acrescentada da palavra MÉDICO. Além de relatar a especialidade e/ou área de atuação, quando registrada no CRM, seguida do número do Registro de Qualificação de Especialista, o RQE. Para se anunciar como especialista, o médico deverá informar o número do RQE registrado no Conselho Regional de Medicina. O médico com pós-graduação poderá anunciar em forma de currículo o aprimoramento pedagógico, seguido da palavra NÃO ESPECIALISTA. Esta possibilidade não existia na resolução anterior. Ao conceder entrevistas em qualquer veículo ou canal de imprensa o médico deve se portar como representante da medicina, devendo abster-se de condutas que visem angariar clientela ou pleitear exclusividade de métodos diagnósticos e terapêuticos. O profissional deve declarar seus conflitos de interesse e, durante a entrevista, não pode divulgar seu endereço físico ou virtual. O profissional também não pode participar de publicidade de medicamento, insumo médico, equipamento e quaisquer alimentos. Também não pode conferir selo de qualidade a produtos alimentícios, esportivos e de higiene pessoal ou de ambientes, induzindo a garantia de resultados. O que achou das alterações? Deixe seu comentário! O link de acesso à plataforma é fácil: bit.ly/medconecta. Está aqui no descritivo desse podcast. Conto com você e te convido a ser um médico early-adopter com as novidades e construindo hoje o nosso futuro! Música: Beach — Next Route [Audio Library Release]
#151 Anestesia e Inteligência artificial
25-08-2023
#151 Anestesia e Inteligência artificial
Bom dia, Boa tarde, Boa noite no Mundo do Conhecimento! Esse é mais um podcast do Medicina do Conhecimento. Ciência e informação a qualquer momento, em todo lugar. Eu sou Pablo Gusman, o anestesiador. E como compartilhar é multiplicar hoje mergulhamos na tecnologia e inteligência artificial em medicina. Aqui falamos sobre inovação, tendências, dicas e a prática da medicina, além de assuntos sobre qualidade de vida! Sabermos que compartilhar conhecimento não é dividir, mas multiplicar! Por isso eu te convido a inspirar colegas, enviando esse conteúdo. Escolha dois médicos da sua lista de contatos e faça de um acadêmico um afilhado! Compartilhe com eles assuntos relevantes da nossa prática validado e baseado em evidências. Vamos juntos conversar sobre mais um assunto sem fronteiras no mundo do conhecimento. Hoje temos uma conversa inovadora sobre um tema empolgante e inovador: a inteligência artificial na medicina. E para nos ajudar a explorar esse assunto, temos aqui nosso convidado especial, um modelo de linguagem avançada da OpenAI. Ninguém melhor que o ChatGPT para falar desse assunto, não é mesmo? O ChatGPT é um modelo de linguagem desenvolvido pela OpenAI, especificamente baseado na arquitetura GPT (Generative Pre-trained Transformer). Ele é projetado para gerar texto coeso e coerente em resposta a prompts ou perguntas fornecidas pelos usuários. O "GPT" significa Generative Pre-trained Transformer, e o termo "pre-trained" indica que o modelo é treinado em grandes quantidades de texto antes de ser afinado para tarefas específicas. O ChatGPT utiliza uma abordagem de aprendizado de máquina conhecida como aprendizado supervisionado, onde é alimentado com uma enorme quantidade de dados de texto para aprender padrões linguísticos, estruturas gramaticais e relações semânticas. Isso permite que o modelo gere respostas relevantes e contextuais com base nos inputs que recebe. Em resumo, o ChatGPT é um exemplo de como a inteligência artificial pode ser usada para criar interações de linguagem mais sofisticadas, como as que teremos nesta conversa. O texto gerado foi transformaro em voz por outra ferramenta de inteligência artificial, o Speechelo. Seja bem vindo ou bem vinda ao podcast Medicina do Conhecimento! Escute a Rádio web Medicina do Conhecimento no link www.medicinaconhecimento.com.br Escolha sua plataforma e ouça mais podcasts pelo Spotify, Deezer, Itunes, Google Podcast, Soundcloud e Youtube. Na medicina do conhecimento, você escolhe o player da sua preferência. É muito importante seu feedback. Mande sua pergunta e seu comentário para participar do próximo podcast. Compartilhe nas suas redes e deixe seu like. Isso aumenta a divulgação do projeto. Fique ligado nas redes sociais Twitter, Facebook e Instagram Medicina do Conhecimento, afinal Compartilhar é multiplicar!
#150 Sabores e emoções na Borgonha
23-05-2023
#150 Sabores e emoções na Borgonha
Bonjour Beaune na Borgonha e Bom dia, Boa tarde, Boa noite no Mundo do Conhecimento! Esse é mais um podcast do Medicina do Conhecimento. Ciência e informação a qualquer momento, em todo lugar. Eu sou Pablo Gusman, o anestesiador. E como compartilhar é multiplicar hoje saboreamos uma conversa sobre vinho e gastronomia nas nossas dicas de conhecimento. Mas falar de gastronomia no podcast Medicina do Conhecimento? Sim, porque nosso conhecimento vai além das 4 paredes de nosso consultório e centro cirúrgico. E buscar qualidade de vida faz parte do nosso processo de bem estar e viver bem! Temos o prazer de receber Aline Mendonça, brasileira que mora na região da Borgonha, França há mais de uma década. Formada em Letras com enfoque em francês pela PUC de São Paulo e pela Universidade de Dijon nos temas vinho, turismo e gastronomia, ou seja, expert no que a França pode nos oferecer de melhor. E uma dica importante! Esse é um podcast realizado com a parceria da consultoria de viagens Aquela Sua Viagem, organizadora e parceira oficial das viagens profissionais e de turismo do Medicina do Conhecimento. Siga lá no Instagram Aquela Sua Viagem. Preparamos um roteiro privativo para viver sabores e emoções nessa região do terroir mais famoso do mundo, a Borgonha. Saiba mais aqui: https://www.aquelasuaviagem.com.br/ Escute a Rádio web Medicina do Conhecimento no link www.medicinaconhecimento.com.br Escolha sua plataforma e ouça mais podcasts pelo Spotify, Deezer, Itunes, Google Podcast, Soundcloud e Youtube. Na medicina do conhecimento, você escolhe o player da sua preferência. É muito importante seu feedback. Mande sua pergunta e seu comentário para participar do próximo podcast. Compartilhe nas suas redes e deixe seu like. Isso aumenta a divulgação do projeto. Fique ligado nas redes sociais Twitter, Facebook e Instagram Medicina do Conhecimento, afinal Compartilhar é multiplicar!
#149 Ultrassom e ventilação com máscara
16-05-2023
#149 Ultrassom e ventilação com máscara
Bom dia, boa tarde, boa noite! Seja bem vindo a mais uma pílula do Medicina do Conhecimento. Juntos compartilhamos ciência e informação a qualquer momento e em todo lugar. Eu sou Pablo Gusman, o Anestesiador e como compartilhar é multiplicar convido você ouvinte a conversarmos sobre assuntos sem fronteiras no mundo do conhecimento. Por aqui você ouve tendências, dicas e a prática da medicina, além de assuntos que nos proporcionam qualidade de vida! Você já pensou em usar o ultrassom para verificar a dificuldade de ventilação sob máscara facial? A triagem para a probabilidade de ventilação difícil com uso de máscara facial pode sim incluir um exame ultrassonográfico. Os resultados de um estudo recente descobriram que a medição da anatomia das vias aéreas com ultrassom em região submandibular pela metodologia (POCUS – Point of Care UltraSound) pode ajudar a identificar possíveis cenários de ventilação difícil com máscara, o que, segundo os pesquisadores, pode nos ajudar a estarmos preparados com uma via aérea difícil. O ultrassom também ajudou a identificar pacientes com apneia obstrutiva do sono. Na nossa prática, a ventilação com máscara é uma técnica crítica para a anestesia geral porque nos fornece o tempo adequado para a intubação em momento apropriado. Atualmente, nós usamos avaliações tradicionais à beira do leito, como classificação de Mallampati, abertura da boca e o gesto de morder o lábio superior para determinar se a ventilação com máscara será difícil. Um grupo da Escola de Medicina e Ciências da Saúde da Universidade George Washington, em Washington, D.C., inscreveu 91 pacientes adultos no estudo prospectivo, submetidos a cirurgia com anestesia geral que necessitaram de ventilação com máscara facial. Os pesquisadores usaram o que chamaram de POCUS submandibular pré-operatório para medir seis parâmetros das vias aéreas: espessura da língua; espessura do músculo gênio-hióideo; a distância entre as artérias linguais; espessura da parede lateral da faringe; distância hiomental; e altura da cavidade oral. Para determinar se um paciente era preditível de uma ventilação com máscara difícil, foi usado o escore de ventilação com máscara conforme descrito por Richard Han em 2004 [Anesthesiology 2004;101(1):267]. No estudo, usou-se uma sonda curvilínea de 3 a 8 MHz para varredura com ultrassom submandibular e com a sonda diretamente sob o queixo do paciente. Os resultados mostraram que quatro medições foram significativamente maiores em pacientes com risco moderado/alto de apneia obstrutiva do sono moderada a grave (STOP-Bang, 3- 8) em comparação com aqueles com baixo risco (STOP-Bang, 0-2): espessura da língua, espessura do músculo gênio-hióideo, distância entre as artérias linguais e distância hiomentoniana. Os resultados sugerem que múltiplas medições pré-operatórias usando ultrassom submandibular podem preparar melhor os anestesiologistas para ventilação difícil com máscara, seja exigindo uma via aérea oral ou a presença de um segundo profissional na sala. Embora possamos relacionar o POCUS à previsão de ventilação difícil com máscara, a tecnologia ainda não é comum o suficiente para ser considerada uma parte rotineira da prática clínica. A idéia é que em futuro próximo, Sondas de ultrassom portáteis podem um dia se tornar tão comuns quanto os estetoscópios. E particularmente, acredito que isso não esteja tão longe Gostou do assunto? Ative a notificação para ser informado quando um novo podcast for publicado e a qualquer momento e em todo lugar, escute a rádioweb no www.medicinaconhecimento.com.br
#148 Demografia médica 2023
12-02-2023
#148 Demografia médica 2023
Bom dia, boa tarde, boa noite! Bem vindo a mais um podcast Medicina do Conhecimento. Desde 2015 com você, caro ouvinte, sendo primeiro podcast sobre anestesia e medicina perioperatória. Juntos compartilhamos ciência e informação a qualquer momento e em todo lugar. Eu sou Pablo Gusman, o Anestesiador. Aqui falamos sobre inovação, tendências, dicas e a prática da medicina, além de assuntos sobre qualidade de vida! Sabermos que compartilhar conhecimento não é dividir, mas multiplicar! Por isso eu te convido a inspirar colegas, enviando esse conteúdo. Escolha dois médicos da sua lista de contatos e faça de um acadêmico um afilhado! Compartilhe com eles assuntos relevantes da nossa prática validado e baseado em evidências. Vamos juntos conversar sobre mais um assunto sem fronteiras no mundo do conhecimento. O assunto desse mês é o lançamento do censo demográfico médico conduzido pelo Departamento de Medicina Preventiva da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. É fundamental para o planejamento do sistema de saúde tomar conhecimento do número, do perfil e da distribuição dos médicos e médicas no Brasil, das mudanças na graduação de medicina, na Residência Médica e na oferta de especialistas, assim como acompanhar as transformações no mercado de trabalho médico. O censo tenta responder perguntas importantes como Quantos e quais médicos estão disponíveis no Brasil para atuar no sistema de saúde? E quantos serão nos próximos anos? O que mudou na formação e no trabalho médico no país? A maior oferta de profissionais na última década responde às demandas do Sistema Único de Saúde (SUS), regiões desassistidas e necessidades de saúde da população? Medicina do Conhecimento traz pra você os principais pontos da demografia médica no brasil 2023. Você vai ouvi-los e tenho certeza, vai ficar interessado em discutir esse assunto de forma segura! Pra isso, eu gostaria de te convidar para estarmos juntos na maior plataforma digital médica brasileira, a SD Conecta! Sim! Medicina do Conhecimento tem uma comunidade por lá! Na nossa comunidade, valorizamos a segurança dos seus dados, podemos conversar com colegas especialistas de todo Brasil em um formato agradável que parece uma rede social que você já acessa. Você também pode compartilhar seus casos, seus desafios e ter uma segunda opinião com colegas. Afinal, esse é o princípio da Medicina do Conhecimento! Compartilhar é multiplicar. Você vai encontrar a demografia médica na íntegra por lá. O link de acesso à plataforma é fácil: bit.ly/medconecta. Está aqui no descritivo desse podcast. Conto com você e te convido a ser um médico early-adopter com as novidades e construindo hoje o nosso futuro! Você pode ler na integra esse documento na nossa comunidade Medicina do Conhecimento no SD Conecta. Compartilhe conosco sua experiência nesse tema! Espero você lá! Ative a notificação para ser informado quando um novo podcast for publicado e a qualquer momento e em todo lugar, escute a rádioweb no www.medicinaconhecimento.com.br Escolha sua plataforma e ouça mais podcasts. Siga pelo Spotify, Deezer, Apple, Google Podcasts, Soundcloud, em vídeo no Youtube e mais uma dezena de agregadores de podcast. Na medicina do conhecimento, você escolhe o player da sua preferência. Mas eu conto com seu feedback amigo ouvinte. E te convido a compartilhar nas suas redes! Divulgue esse podcast para duas pessoas que merecem ouvi-lo! Nossos colegas precisam pensar nesse assunto! Ah! E deixe seu like onde ouvir. Isso aumenta a divulgação do projeto. Além disso, você pode entrar em contato conosco e sugerir o próximo tema! Fique ligado nas redes sociais Twitter, Facebook e Instagram Medicina do Conhecimento, afinal compartilhar é multiplicar!
#147 Fadiga na prática médica
07-02-2023
#147 Fadiga na prática médica
Bom dia, boa tarde, boa noite! Seguimos juntos com nosso podcast Medicina do Conhecimento. Eu sou Pablo Gusman, o Anestesiador. Juntos falamos sobre inovação, tendências, dicas e a prática da medicina, além de assuntos sobre qualidade de vida! Compartilhar é multiplicar. Por isso eu te convido a inspirar colegas, enviando esse conteúdo. Vamos juntos conversar sobre mais um assunto sem fronteiras no mundo do conhecimento. A fadiga é um fenômeno complexo, e em geral, a fadiga é um estado fisiológico de capacidade mental ou física reduzida, que pode se desenvolver como resultado de privação de sono ou vigília, ritmo circadiano interrompido ou aumento da carga de trabalho. Fadiga não é o mesmo que sonolência, cansaço ou exaustão, embora na literatura científica esses termos são frequentemente usados de forma intercambiável. A fadiga está sendo reconhecida como um perigo crescente no local de trabalho. É um problema significativo para os anestesiologistas que têm longas horas de trabalho e horários irregulares. Pode-se dizer que a fadiga afeta negativamente a vigilância, a comunicação e o trabalho em equipe e mostra diminuição do desempenho durante os testes psicomotores. No entanto, seu impacto no desempenho da vida real é incerto. A prática da medicina envolve longas horas e trabalho noturno. De forma crescente, a fadiga tem recebido mais atenção por analistas e os próprios profissionais. Esforços têm sido feitos para regular as horas de trabalho, mas o impacto na segurança do paciente, na educação dos residentes e na fadiga não é bem compreendido devido às evidências limitadas. Uma revisão foi realizada por grupos de anestesiologistas belgas e publicada em janeiro de 2023 sobre a fadiga entre os profissionais anestesistas, explorando a prevalência da fadiga e seu impacto no desempenho. A busca inicial no banco de dados encontrou 118 estudos e 30 foram selecionados para esta revisão. Dos 30 estudos revisados, oito focaram na prevalência de fadiga em anestesistas e 22 exploraram o impacto da fadiga em seu desempenho. Acesse aqui DOI: https://doi.org/10.1016/j.bja.2022.12.011 Os oito estudos identificados mostram que a fadiga é um problema significativo para os profissionais de anestesia. Até 60,8% dos anestesistas experimentam sonolência diurna excessiva severa e a fadiga é um problema comum no local de trabalho para 73,1% deles. A fadiga tem impactos negativos na saúde física (73,6%), no bem-estar psicológico (71,2%) e nas relações pessoais (67,9%). Além de afetar negativamente os erros de medicação, a vigilância e o desempenho durante os testes psicomotores laboratoriais para os anestesistas. Reduz habilidades não técnicas (especialmente comunicação e trabalho em equipe) e piora o humor. No geral, de acordo com os resultados desta revisão, a fadiga é um problema generalizado que precisamos abordar de forma transparente. Um declínio nas habilidades não técnicas, aumento dos erros de medicação, perda de atenção e declínio psicomotor podem resultar em mau desempenho e representar um risco para os pacientes. A revisão não esclarece o impacto da fadiga nas habilidades técnicas e na função de executar situações da vida real. No entanto, é evidente que estratégias para lidar com a fadiga e seus efeitos devem ser estudadas nos níveis pessoal e organizacional. Precisamos de maior conscientização sobre o impacto potencial da fadiga. Acesso nossa comunidade e converse sobre o assunto pelo bit.ly/medconecta. Ative a notificação para ser informado quando um novo podcast for publicado e a qualquer momento e em todo lugar, escute a rádioweb no www.medicinaconhecimento.com.br Deixe seu like onde ouvir. Isso aumenta a divulgação do projeto. Além disso, você pode entrar em contato conosco e sugerir o próximo tema! Fique ligado nas redes sociais Twitter, Facebook e Instagram Medicina do Conhecimento, afinal compartilhar é multiplicar! Música Peace — Next Route
#146 Inovação em Saúde
02-02-2023
#146 Inovação em Saúde
Bom dia, boa tarde, boa noite! Seja bem vindo ao nosso podcast Medicina do Conhecimento. Inovando desde 2015 com você caro ouvinte, pois somos o primeiro podcast sobre anestesia e medicina perioperatória. Aqui você compartilha ciência e informação a qualquer momento e em todo lugar. Eu sou Pablo Gusman, o Anestesiador. Juntos falamos sobre inovação, tendências, dicas e a prática da medicina, além de assuntos sobre qualidade de vida! Compartilhar é multiplicar. Por isso eu te convido a convidar alguém que possa ser inspirado por este assunto ou mesmo que mereça receber esse conteúdo. Vamos juntos conversar sobre mais um assunto sem fronteiras no mundo do conhecimento. Gostaria de lançar uma pergunta instigante. Qual o seu objetivo como empresa? O da Azys é ajudar gente boa a criar projetos incríveis! Conectar pessoas para aprender e ensinar, oferecer conteúdos para desenvolver empreendedores e projetos e benefícios para potencializar os negócios. E isso é realmente verdade. Passamos juntos por excelentes experiências com o inquieto Denis Ferrari, CEO da AZYS Inovação. E hoje batemos um papo agradável, trazendo conteúdos para empreendedores de startups e empresas, investidores e outros inquietos que buscam atuar no mercado da inovação. Escute até o fim e veja que descomplicamos o empreendedorismo de inovação. Você pode conhecer a AZYS pelos seus endereços na web https://azys.com.br/ https://www.facebook.com/azysinovacao/ https://www.linkedin.com/company/azysinovacao/ https://www.instagram.com/azysinovacao/ Descubra quais são as atitudes comuns em pessoas inovadoras https://azys.com.br/livros/12-atitudes-de-quem-inova Tenho certeza que o assunto está deixando você interessado e podemos discutir um pouco mais! Pra isso, eu gostaria de te convidar para estarmos juntos na maior plataforma digital médica brasileira, a SD Conecta! Medicina do Conhecimento tem uma comunidade por lá! Imagine você ter a segurança dos seus dados, conversar de forma amigável com especialistas de todo Brasil, em um layout agradável, pois parece mesmo uma rede social que já acessamos, compartilhar seus casos, seus desafios e ter uma segunda opinião com colegas do mais alto gabarito. Afinal, esse é o princípio da Medicina do Conhecimento! Compartilhar é multiplicar. Eu vou deixar no texto desse podcast o link de acesso à plataforma, mas você também pode digitar o link bit.ly/medconecta e ser um early adopter! Um médico antenado com as novidades e construindo hoje o nosso futuro! Compartilhe conosco sua experiência nesse tema! Participe lá na nossa comunidade SD Conecta Medicina do Conhecimento! Ative a notificação para ser informado quando um novo podcast for publicado e a qualquer momento e em todo lugar, escute a rádioweb no www.medicinaconhecimento.com.br Escolha sua plataforma e ouça mais podcasts. Siga pelo Spotify, Deezer, Itunes, Google Podcasts, Soundcloud, Youtube e mais uma dezena de agregadores de podcast. Na medicina do conhecimento, você escolhe o player da sua preferência. Mas eu conto com seu feedback amigo ouvinte. E te convido a compartilhar nas suas redes! Divulgue esse podcast para duas pessoas que merecem ouvi-lo! Nossos colegas precisam pensar nesse assunto! Ah! E deixe seu like onde ouvir. Isso aumenta a divulgação do projeto. Além disso, você pode entrar em contato conosco e sugerir o próximo tema! Fique ligado nas redes sociais Twitter, Facebook e Instagram Medicina do Conhecimento, afinal compartilhar é multiplicar! Música: Lights – Sappheiros
#145 Expedição Médicos SA
31-01-2023
#145 Expedição Médicos SA
Bom dia, boa tarde, boa noite! Seja bem vindo ao nosso podcast Medicina do Conhecimento. Nosso sim, pois desde 2015 com você caro ouvinte, somos o primeiro podcast sobre anestesia e medicina perioperatória. Aqui você compartilha ciência e informação a qualquer momento e em todo lugar. Eu sou Pablo Gusman, o Anestesiador. Juntos falamos sobre tendências, dicas e a prática da medicina, além de assuntos sobre qualidade de vida! E como compartilhar é multiplicar convido você a convidar alguém que possa ser impacto por este assunto, ou mesmo que mereça receber esse conteúdo. Vamos juntos conversar sobre mais um assunto sem fronteiras no mundo do conhecimento. Lições que não se aprendem nem em Harvard, mas que as montanhas do Vale do Pati ensinam. Esse é o desafio proposto pela Expedição Médicos SA. Maior ação de aprendizado imersivo da saúde brasileira, com foco na mudança do mindset médico, a Expedição Médicos S/A na Chapada Diamantina (Bahia) é um convite a uma jornada única de autoconhecimento, desafio pessoal, voluntariado, lazer e turismo, em um dos maiores santuários da humanidade. Ao todo, são oito dias de imersão (quatro de caminhada) no Vale do Pati: considerado um dos cinco maiores roteiros de trekking do mundo, ao lado do Caminho de Santiago (Espanha) e Trilha dos Apalaches (EUA). A programação inclui ainda um dia inteiro de atendimento médico voluntário às comunidades locais e estadia de três noites, ao final do trekking, no Hotel Boutique de Lençóis, localizado na cidade histórica mais charmosa da Chapada Diamantina. Para participar da Expedição Médicos S/A – Chapada Diamantina você deve ser médico de qualquer especialidade, além de poder estar ao lado do seu cônjuge. Eu gostaria de te convidar para estarmos juntos na maior plataforma digital médica brasileira, a SD Conecta! Medicina do Conhecimento tem uma comunidade por lá! Imagine você ter a segurança dos seus dados, conversar de forma amigável com especialistas de todo Brasil, em um layout agradável, pois parece mesmo uma rede social que já acessamos, compartilhar seus casos, seus desafios e ter uma segunda opinião com colegas do mais alto gabarito. Afinal, esse é o princípio da Medicina do Conhecimento! Compartilhar é multiplicar. O link de acesso à plataforma é bit.ly/medconecta Ative a notificação para ser informado quando um novo podcast for publicado e a qualquer momento e em todo lugar, escute a rádioweb no www.medicinaconhecimento.com.br Escolha sua plataforma e ouça mais podcasts. Siga pelo Spotify, Deezer, Itunes, Google Podcasts, Soundcloud, Youtube e mais uma dezena de agregadores de podcast. Na medicina do conhecimento, você escolhe o player da sua preferência. Mas eu conto com seu feedback amigo ouvinte. E te convido a compartilhar nas suas redes! Divulgue esse podcast para duas pessoas que merecem ouvi-lo! Nossos colegas precisam pensar nesse assunto! Ah! E deixe seu like onde ouvir. Isso aumenta a divulgação do projeto. Além disso, você pode entrar em contato conosco e sugerir o próximo tema! Fique ligado nas redes sociais Twitter, Facebook e Instagram Medicina do Conhecimento, afinal compartilhar é multiplicar!
#144 O anestesiologista e o tempo
05-01-2023
#144 O anestesiologista e o tempo
Bom dia, boa tarde, boa noite! Seja bem vindo ao nosso podcast Medicina do Conhecimento, desde 2015 o primeiro podcast sobre anestesia e medicina perioperatória. Aqui você pode compartilhar ciência e informação a qualquer momento e em todo lugar. Obrigado você colega ouvinte, acadêmico de medicina ou apenas amante de podcasts por nos reunirmos aqui nesse mundo sem fronteiras e em mais um episódio. Vocês são o objetivo desse projeto! Eu sou Pablo Gusman, o Anestesiador. Juntos falamos sobre tendências, dicas e a prática da medicina, além de assuntos sobre qualidade de vida! E como compartilhar é multiplicar convido você a convidar alguém que possa ser impacto por este assunto, ou mesmo que mereça receber esse conteúdo. Vamos juntos conversar sobre mais um assunto sem fronteiras no mundo do conhecimento. Somos tecnicamente peritos, entendemos profundamente de fisiologia, farmacologia, possuímos habilidades manuais que nos diferenciam de muitas especialidades e temos o foco técnico na segurança dos nossos pacientes. Mas quem cuida de você? O “Núcleo do EU” foi lançado em 18 de abril de 2020, como parte de um projeto denominado “Gestão do Eu”, promovido pela Sociedade Brasileira de Anestesiologia. A finalidade do núcleo é desenvolver o propósito nos médicos em especialização e médicos anestesiologistas de encontrar motivação para trabalhar o seu autocuidado, pois dessa forma, cuidando de si, terá a oportunidade de cuidar melhor dos outros. Do e-book AUTOCUIDADO: O Quanto Você se Compromete? Lançado durante o congresso brasileiro de anestesiologia e editado pelos colegas anestesiologistas Marcos Antonio Costa de Albuquerque, Cláudia Mentzingen Rodrigues Perrotta Cavaliere e Rogério Alves Ribeiro, tomo a liberdade de trazer para você ouvinte do Medicina do Conhecimento o capítulo que fala sobre O Anestesiologista e o Tempo, escrito pela Dra Pamella Braga Morais. Mas você pode ler integralmente pelo link no descritivo deste podcast! Espero que o faça refletir e espero seu comentário! Vamos lá! https://www.sbahq.org/ebook-lancado-pela-sba-e-pelo-nucleo-do-eu-esta-disponivel-para-download/ Compartilhe conosco sua experiência nesse tema! Participe lá na nossa comunidade SD Conecta Medicina do Conhecimento! Ative a notificação para ser informado quando um novo podcast for publicado e a qualquer momento e em todo lugar, escute a rádioweb no www.medicinaconhecimento.com.br Escolha sua plataforma e ouça mais podcasts. Siga pelo Spotify, Deezer, Itunes, Google Podcasts, Soundcloud, Youtube e mais uma dezena de agregadores de podcast. Na medicina do conhecimento, você escolhe o player da sua preferência. Mas eu conto com seu feedback amigo ouvinte. E te convido a compartilhar nas suas redes! Divulgue esse podcast para duas pessoas que merecem ouvi-lo! Nossos colegas precisam pensar nesse assunto! Ah! E deixe seu like onde ouvir. Isso aumenta a divulgação do projeto. Além disso, você pode entrar em contato conosco e sugerir o próximo tema! Fique ligado nas redes sociais Twitter, Facebook e Instagram Medicina do Conhecimento, afinal compartilhar é multiplicar! Música: João Pedro Pinheiro - Tempo Perdido (Orchestral Cover)
#143 O que mudar no tratamento da dor aguda
14-11-2022
#143 O que mudar no tratamento da dor aguda
Bom dia, boa tarde, boa noite! Seja bem vindo ao nosso podcast Medicina do Conhecimento. Aqui você pode compartilhar ciência e informação a qualquer momento e em todo lugar. Eu sou Pablo Gusman, o Anestesiador. Juntos falamos sobre tendências, dicas e a prática da medicina, além de assuntos sobre qualidade de vida! E como compartilhar é multiplicar, trazemos mais um assunto sem fronteiras no mundo do conhecimento. O Euroanestesia, congresso da Sociedade Européia de Anestesiologia e Cuidados Intensivos é reconhecido mundialmente como um dos congressos anuais mais importantes e influentes em anestesiologia, dor, medicina perioperatória e terapia intensiva. É verdadeiramente uma plataforma internacional excepcional para aprimorarmos o conhecimento, revisarmos técnicas inovadoras, aprendermos sobre nossas diretrizes e nos comunicarmos, colaborarmos e interagirmos com um grande público internacional. Com o patrocínio científico da Pfizer - “Grandes avanços que mudam as vidas dos pacientes”, Medicina do Conhecimento traz para você caro ouvinte os principais pontos discutidos na área de dor e anestesiologia. Com o patrocínio científico da Pfizer - “Grandes avanços que mudam as vidas dos pacientes”, Medicina do Conhecimento traz para você caro ouvinte do Eu Doutor os principais pontos discutidos na área de dor e anestesiologia. No sexto podcast dessa série, uma discussão sobre o que mudar no tratamento da dor aguda. Você também pode ouvi-lo na plataforma Pfizer Pro! Acompanhe as atualizações médicas com milhares de conteúdos grátis e exclusivos no portal. Potencialize as habilidades clínicas com conteúdos exclusivos e internacionais. Acesse https://www.pfizerpro.com.br/ Ative a notificação para ser informado quando um novo podcast for publicado e a qualquer momento e em todo lugar, escute a rádioweb no www.medicinaconhecimento.com.br Escolha sua plataforma e ouça mais podcasts. Siga pelo Spotify, Deezer, Itunes, Google Podcasts, Soundcloud, Youtube e mais uma dezena de agregadores de podcast. Na medicina do conhecimento, você escolhe o player da sua preferência. Mas eu conto com seu feedback amigo ouvinte. E te convido a compartilhar nas suas redes! Divulgue esse podcast para duas pessoas que merecem ouvi-lo! Nossos colegas precisam pensar nesse assunto! Ah! E deixe seu like onde ouvir. Isso aumenta a divulgação do projeto. Além disso, você pode entrar em contato conosco e sugerir o próximo tema! Fique ligado nas redes sociais Twitter, Facebook e Instagram Medicina do Conhecimento, afinal compartilhar é multiplicar!
#142 Resultados relatados pelo paciente
14-11-2022
#142 Resultados relatados pelo paciente
Bom dia, boa tarde, boa noite! Seja bem vindo ao nosso podcast Medicina do Conhecimento, somo o primeiro podcast sobre anestesia e medicina perioperatória, no ar desde 2015. Aqui você pode compartilhar ciência e informação a qualquer momento e em todo lugar. Obrigado por nos reunirmos aqui nesse mundo sem fronteiras e em mais um episódio. O Euroanestesia, congresso da Sociedade Européia de Anestesiologia e Cuidados Intensivos é reconhecido mundialmente como um dos congressos anuais mais importantes e influentes em anestesiologia, dor, medicina perioperatória e terapia intensiva. Com uma história de mais de 8.000 participantes internacionais de mais de 100 países e mais de 130 expositores, o Euroanaesthesia é verdadeiramente uma plataforma internacional excepcional para aprimorarmos o conhecimento, revisarmos técnicas inovadoras, aprendermos sobre nossas diretrizes e nos comunicarmos, colaborarmos e interagirmos com um grande público internacional. Com o patrocínio científico da Pfizer - “Grandes avanços que mudam as vidas dos pacientes”, Medicina do Conhecimento traz para você caro ouvinte do Eu Doutor os principais pontos discutidos na área de dor e anestesiologia. Eu sou Pablo Gusman, médico anestesiologista e host dessa série. Juntos falamos sobre tendências, dicas e a prática da medicina, além de assuntos sobre qualidade de vida! E como compartilhar é multiplicar, trazemos mais um assunto sem fronteiras no mundo do conhecimento. No quinto podcast dessa série, uma visão nova e interdisciplinar da avaliação do resultado relatado pelo paciente para dor pós-operatória. Você também pode ouvi-lo na plataforma Pfizer Pro! Acompanhe as atualizações médicas com milhares de conteúdos grátis e exclusivos no portal. Potencialize as habilidades clínicas com conteúdos exclusivos e internacionais. Acesse https://www.pfizerpro.com.br/ Ative a notificação para ser informado quando um novo podcast for publicado e a qualquer momento e em todo lugar, escute a rádioweb no www.medicinaconhecimento.com.br Escolha sua plataforma e ouça mais podcasts. Siga pelo Spotify, Deezer, Itunes, Google Podcasts, Soundcloud, Youtube e mais uma dezena de agregadores de podcast. Na medicina do conhecimento, você escolhe o player da sua preferência. Mas eu conto com seu feedback amigo ouvinte. E te convido a compartilhar nas suas redes! Divulgue esse podcast para duas pessoas que merecem ouvi-lo! Nossos colegas precisam pensar nesse assunto! Ah! E deixe seu like onde ouvir. Isso aumenta a divulgação do projeto. Além disso, você pode entrar em contato conosco e sugerir o próximo tema! Fique ligado nas redes sociais Twitter, Facebook e Instagram Medicina do Conhecimento, afinal compartilhar é multiplicar!
#141 Avaliação pré-operatória do século 21
10-11-2022
#141 Avaliação pré-operatória do século 21
Bom dia, boa tarde, boa noite! Seja bem vindo ao nosso podcast Medicina do Conhecimento, somo o primeiro podcast sobre anestesia e medicina perioperatória, no ar desde 2015. Aqui você pode compartilhar ciência e informação a qualquer momento e em todo lugar. Obrigado por nos reunirmos aqui nesse mundo sem fronteiras e em mais um episódio. O Euroanestesia, congresso da Sociedade Européia de Anestesiologia e Cuidados Intensivos é reconhecido mundialmente como um dos congressos anuais mais importantes e influentes em anestesiologia, dor, medicina perioperatória e terapia intensiva. Com uma história de mais de 8.000 participantes internacionais de mais de 100 países e mais de 130 expositores, o Euroanaesthesia é verdadeiramente uma plataforma internacional excepcional para aprimorarmos o conhecimento, revisarmos técnicas inovadoras, aprendermos sobre nossas diretrizes e nos comunicarmos, colaborarmos e interagirmos com um grande público internacional. Com o patrocínio científico da Pfizer - “Grandes avanços que mudam as vidas dos pacientes”, Medicina do Conhecimento traz para você caro ouvinte do Eu Doutor os principais pontos discutidos na área de dor e anestesiologia. Eu sou Pablo Gusman, médico anestesiologista e host dessa série. Juntos falamos sobre tendências, dicas e a prática da medicina, além de assuntos sobre qualidade de vida! E como compartilhar é multiplicar, trazemos mais um assunto sem fronteiras no mundo do conhecimento. No quarto podcast dessa série, trazemos uma análise da avaliação pré-operatória do século 21. No simpósio organizado pela Sociedade Americana de Anestesiologia, Dr David Hepner, professor associado de anestesia da Harvard Medical School abordou o tema sobre a situação atual das clínicas de otimização pré-operatória nos Estados Unidos. Você também pode ouvi-lo na plataforma Pfizer Pro! Acompanhe as atualizações médicas com milhares de conteúdos grátis e exclusivos no portal. Potencialize as habilidades clínicas com conteúdos exclusivos e internacionais. Acesse https://www.pfizerpro.com.br/ Ative a notificação para ser informado quando um novo podcast for publicado e a qualquer momento e em todo lugar, escute a rádioweb no www.medicinaconhecimento.com.br Escolha sua plataforma e ouça mais podcasts. Siga pelo Spotify, Deezer, Itunes, Google Podcasts, Soundcloud, Youtube e mais uma dezena de agregadores de podcast. Na medicina do conhecimento, você escolhe o player da sua preferência. Mas eu conto com seu feedback amigo ouvinte. E te convido a compartilhar nas suas redes! Divulgue esse podcast para duas pessoas que merecem ouvi-lo! Nossos colegas precisam pensar nesse assunto! Ah! E deixe seu like onde ouvir. Isso aumenta a divulgação do projeto. Além disso, você pode entrar em contato conosco e sugerir o próximo tema! Fique ligado nas redes sociais Twitter, Facebook e Instagram Medicina do Conhecimento, afinal compartilhar é multiplicar!
#140 Serviços de Dor Aguda na Europa
10-11-2022
#140 Serviços de Dor Aguda na Europa
Bom dia, boa tarde, boa noite! Seja bem vindo ao nosso podcast Medicina do Conhecimento, somo o primeiro podcast sobre anestesia e medicina perioperatória, no ar desde 2015. Aqui você pode compartilhar ciência e informação a qualquer momento e em todo lugar. Obrigado por nos reunirmos aqui nesse mundo sem fronteiras e em mais um episódio. O Euroanestesia, congresso da Sociedade Européia de Anestesiologia e Cuidados Intensivos é reconhecido mundialmente como um dos congressos anuais mais importantes e influentes em anestesiologia, dor, medicina perioperatória e terapia intensiva. Com uma história de mais de 8.000 participantes internacionais de mais de 100 países e mais de 130 expositores, o Euroanaesthesia é verdadeiramente uma plataforma internacional excepcional para aprimorarmos o conhecimento, revisarmos técnicas inovadoras, aprendermos sobre nossas diretrizes e nos comunicarmos, colaborarmos e interagirmos com um grande público internacional. Com o patrocínio científico da Pfizer - “Grandes avanços que mudam as vidas dos pacientes”, Medicina do Conhecimento traz para você caro ouvinte do Eu Doutor os principais pontos discutidos na área de dor e anestesiologia. Eu sou Pablo Gusman, médico anestesiologista e host dessa série. Juntos falamos sobre tendências, dicas e a prática da medicina, além de assuntos sobre qualidade de vida! E como compartilhar é multiplicar, trazemos mais um assunto sem fronteiras no mundo do conhecimento. No terceiro podcast dessa série, trazemos as particularidades e modelos de "Serviços de Dor Aguda na Europa". Um painel repleto de informações, médicos especialistas em dor e profissionais com forte atuação na área em alguns centros europeus debateram os desafios da assistência, pesquisa e gestão dos cuidados de dor aguda na Europa. Conduzido pela profa doutora Prof. Dr. Ulrike Stamer, University Hospital Bern, Suíça, o painel mostrou que as ações para controle da dor aguda se diferenciam consideralvemente de acordo com cada país europeu, com pontos de excelência e modelos próprios de cada país e região. Estiveram presentes profissionais da Alemanha, Bélgica, Holanda, Reino Unido, Sérvia e Suíça. Na primeira questão, como se daria o funcionamento do serviço de dor aguda em cada hospital, além das salas de recuperação pós anestésicas, houve um interessante detalhamento de qual profissional assumiria esse serviço, incluindo-se anestesiologistas, médicos especialistas em dor ou a própria equipe cirúrgica. Você também pode ouvi-lo na plataforma Pfizer Pro! Acompanhe as atualizações médicas com milhares de conteúdos grátis e exclusivos no portal. Potencialize as habilidades clínicas com conteúdos exclusivos e internacionais. Acesse https://www.pfizerpro.com.br/ Ative a notificação para ser informado quando um novo podcast for publicado e a qualquer momento e em todo lugar, escute a rádioweb no www.medicinaconhecimento.com.br Escolha sua plataforma e ouça mais podcasts. Siga pelo Spotify, Deezer, Itunes, Google Podcasts, Soundcloud, Youtube e mais uma dezena de agregadores de podcast. Na medicina do conhecimento, você escolhe o player da sua preferência. Mas eu conto com seu feedback amigo ouvinte. E te convido a compartilhar nas suas redes! Divulgue esse podcast para duas pessoas que merecem ouvi-lo! Nossos colegas precisam pensar nesse assunto! Ah! E deixe seu like onde ouvir. Isso aumenta a divulgação do projeto. Além disso, você pode entrar em contato conosco e sugerir o próximo tema! Fique ligado nas redes sociais Twitter, Facebook e Instagram Medicina do Conhecimento, afinal compartilhar é multiplicar!
#139 Dor Aguda: Highligths 2022
10-11-2022
#139 Dor Aguda: Highligths 2022
O Euroanestesia, congresso da Sociedade Européia de Anestesiologia e Cuidados Intensivos é reconhecido mundialmente como um dos congressos anuais mais importantes e influentes em anestesiologia, dor, medicina perioperatória e terapia intensiva. Com uma história de mais de 8.000 participantes internacionais de mais de 100 países e mais de 130 expositores, o Euroanaesthesia é verdadeiramente uma plataforma internacional excepcional para aprimorarmos o conhecimento, revisarmos técnicas inovadoras, aprendermos sobre nossas diretrizes e nos comunicarmos, colaborarmos e interagirmos com um grande público internacional. Com o patrocínio científico da Pfizer - “Grandes avanços que mudam as vidas dos pacientes”, Medicina do Conhecimento traz para você caro ouvinte do Eu Doutor os principais pontos discutidos na área de dor e anestesiologia. No segundo podcast dessa série, trazemos os principais artigos publicados sobre Dor Aguda em 2022. Você também pode ouvi-lo na plataforma Pfizer Pro! Acompanhe as atualizações médicas com milhares de conteúdos grátis e exclusivos no portal. Potencialize as habilidades clínicas com conteúdos exclusivos e internacionais. Ative a notificação para ser informado quando um novo podcast for publicado e a qualquer momento e em todo lugar, escute a rádioweb no www.medicinaconhecimento.com.br Escolha sua plataforma e ouça mais podcasts. Siga pelo Spotify, Deezer, Apple, Google Podcasts, Soundcloud, Youtube e mais uma dezena de agregadores de podcast. Na medicina do conhecimento, você escolhe o player da sua preferência. Mas eu conto com seu feedback amigo ouvinte. E te convido a compartilhar nas suas redes! Divulgue esse podcast para duas pessoas que merecem ouvi-lo! Nossos colegas precisam pensar nesse assunto! Deixe seu like onde ouvir. Isso aumenta a divulgação do projeto. Além disso, você pode entrar em contato conosco e sugerir o próximo tema! Fique ligado nas redes sociais Twitter, Facebook e Instagram Medicina do Conhecimento, afinal compartilhar é multiplicar!
#138 Medidas válidas para avaliar a eficácia do manejo da dor no pós-operatório
10-11-2022
#138 Medidas válidas para avaliar a eficácia do manejo da dor no pós-operatório
Bom dia, boa tarde, boa noite! Seja bem vindo ao nosso podcast Medicina do Conhecimento, somo o primeiro podcast sobre anestesia e medicina perioperatória, no ar desde 2015. Aqui você pode compartilhar ciência e informação a qualquer momento e em todo lugar. Obrigado por nos reunirmos aqui nesse mundo sem fronteiras e em mais um episódio. O Euroanestesia, congresso da Sociedade Européia de Anestesiologia e Cuidados Intensivos é reconhecido mundialmente como um dos congressos anuais mais importantes e influentes em anestesiologia, dor, medicina perioperatória e terapia intensiva. Com uma história de mais de 8.000 participantes internacionais de mais de 100 países e mais de 130 expositores, o Euroanaesthesia é verdadeiramente uma plataforma internacional excepcional para aprimorarmos o conhecimento, revisarmos técnicas inovadoras, aprendermos sobre nossas diretrizes e nos comunicarmos, colaborarmos e interagirmos com um grande público internacional. Com o patrocínio científico da Pfizer - “Grandes avanços que mudam as vidas dos pacientes”, Medicina do Conhecimento traz para você caro ouvinte do Eu Doutor os principais pontos discutidos na área de dor e anestesiologia. Eu sou Pablo Gusman, médico anestesiologista e host dessa série. Juntos falamos sobre tendências, dicas e a prática da medicina, além de assuntos sobre qualidade de vida! E como compartilhar é multiplicar, trazemos mais um assunto sem fronteiras no mundo do conhecimento. No primeiro podcast dessa série, trazemos a questão se já temos “Medidas válidas para avaliar a eficácia do manejo da dor no pós-operatório” Você também pode ouvi-lo na plataforma Pfizer Pro! Acompanhe as atualizações médicas com milhares de conteúdos grátis e exclusivos no portal. Potencialize as habilidades clínicas com conteúdos exclusivos e internacionais. Acesse https://www.pfizerpro.com.br/ Ative a notificação para ser informado quando um novo podcast for publicado e a qualquer momento e em todo lugar, escute a rádioweb no www.medicinaconhecimento.com.br Escolha sua plataforma e ouça mais podcasts. Siga pelo Spotify, Deezer, Itunes, Google Podcasts, Soundcloud, Youtube e mais uma dezena de agregadores de podcast. Na medicina do conhecimento, você escolhe o player da sua preferência. Mas eu conto com seu feedback amigo ouvinte. E te convido a compartilhar nas suas redes! Divulgue esse podcast para duas pessoas que merecem ouvi-lo! Nossos colegas precisam pensar nesse assunto! Ah! E deixe seu like onde ouvir. Isso aumenta a divulgação do projeto. Além disso, você pode entrar em contato conosco e sugerir o próximo tema! Fique ligado nas redes sociais Twitter, Facebook e Instagram Medicina do Conhecimento, afinal compartilhar é multiplicar!